Enviar Mensagem




Forum > Obrigações e Contratos > QUEBRA DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE IMOVÉIS - PRAZO DE ENTREGA
UsuárioDiscussão
RENATO DONIZETI DA SILVA
Postado em quarta-feira, 29 de setembro, 2004
Há dois anos atrás, fiz uma compra de um apartamento na planta, com prazo de vencimento para a entrega da obra concluída em dezembro / 2004. Neste período estou pagando 24 parcelas para ter o direito a chave e o saldo restante da dívida está sendo atualiza pelo IGP-M mensalmente.
Provavelmente no final dezembro / 2004 a obra não ficará pronta,o prédio ainda está no chão, mas a construtora tem uma carência de 6 meses sem justificativa.
No mês de janeiro / 2005, após o vencimento do prazo de entrega, sem a carência de 6 meses, posso fazer uma denúncia no PROCON pela quebra de contrato por parte da construtora, parando de pagar as variações do IGP-M, solicitando a devolução de tudo o que foi pago e a indenização pelo prejuízo causado através de uma ação na justiça.

ÚsuarioResposta
rosana
postado em sábado, 06 de agosto, 2011
gostaria de saber se posso entrar na justiça para requerer a multa de quebra de contrato, porque vendi uma casa e pequei uma outra de menor valor como parte de pagamento, ja deu os 30 dias para eu entregar o imovel, mais a imobiliaria não me entregou a documentação do imovel e nem se quer averbou o imovel no cartorio, no contrato de compra e venda não tem nenhuma clausula que fale sobre a averbação, mas na logica se eu vendi um imovel com a documentação em ordem tambem devo receber o meu do mesmo geito
o que faço agora...
Vanessa Rodrigues da Silva
postado em sexta-feira, 16 de setembro, 2011
Em Dezembro/2010 assinei um contrato com determinada construtora para a compra de um imóvel,caracterizado residencial com 10 casas.
Foi pago um sinal como entrada e algumas outras parcelas.
No contrato está acordada a entrega da casa em 31/01/11, e até hj isso não ocorreu.
Estamos com vários problemas nas instalações da casa,e nossa maior preocupação é a documentação que não está em nossas mãos.
Todos os moradores tem a carta de crédito da Caixa Economia,que irá vencer este mês- setembro/2011.
Tentamos de todas as formas entrar em contato com o responsável e não conseguimos.
Ps: alguns moradores já estão nas casas.
O que fazer nesse caso.
Se entrarmos com uma ação judicial para a regulamentação destes imóveis,ele tambem terá como entrar com uma ação de despejo?
Peço por favor esclareciemtnos!
natalia
postado em sexta-feira, 07 de outubro, 2011
Gostaria de saber ?
Comprei um apartamento na planta pela contrutora, cheguei ate assinar o contrato mais
em 3 dia depois foi par alá cancelar a compra.
Falei com o corretor ele disse que estava tudo certoque quando chegasse o contrato ele iria me ligar para ser cancelado , não teria problema nenhum, mais agora a contrutora esta me pedindo 6 mil reais de multa por quebra de contrato esta certo e o que faço
veralice
postado em domingo, 13 de novembro, 2011
vendi um ap - na promessa de compra e venda - recebi 50% e agora nao posso receber o resto que é 4 mil e dp 20 mil com o fgts - acontece que o comprador vinculou o fgts - meu irmao (outro herdeiro e seus filhos estao devendo na praça - dai por conta disso nao psso receber - eu nao teno nada meu nome ta limpo dai eu sofro a pena - posso?
ozeas b. de freitas
postado em quarta-feira, 23 de novembro, 2011
tive 02 aptºs financiados e com pgt dos seguros,dendo que o 1ºfoi quitado no ano de 1987. o 2º foi comprado no ano de 1985. e vendido ao 1º comprador com contrato de gaveta mais na escritura consta que o comrador nao poderia atrasar as prestações ou deixar de pagar e ainda transferir o contrato a caixa.o mesmo vendeu sem me contactar para outro gaveteiro que me procurou e solicitou novo contrato e uma procuração afim de transferir o financiamento.o que não fez como combinado e ainda entrou com uma permuta deixando de pagar as prestações no ano de 2000 a 2005 epoca de encerramento das prestações. e ainda alugou o imovel.soube desta situação recentemente ao comra uma geladira pois contava uma restrição no IR marquei uma audiencia afim de constatar esta marcada para o dia 24.11.2011.neste decorre soube que tal ação na justiça federal busca o recalculo o imovel e a situação do seguro pois trata de 02 imveis.na epoca não tive ciencia da proibição e um ano depois sendo contactado pela financeira quitei o primeiro imovel e ainda não tive conhecimento da perda do seguro vendi em razão de desmrego. e tive boa fé na transação.agora como devo proceder diante desta situação.houve o cancelamento das restações e não foi passado o imovel como constava no contrato para o nome do comrador.errei por não ter comunicado a financeira.o que devo fazer pois os tramites na justiça corre atraves do meu nome sem o meu conhecimento.peço ajuda.preciso de socorro.
12