Enviar Mensagem




Forum > Direito Previdenciário > Pensão para viuva.
UsuárioDiscussão
claudemir de oliveira
Postado em quinta-feira, 04 de junho, 2009
Ola,,, preciso de um auxilio....

Faleceu um concunhado meu,,,sendo que ele trabalhou do ano 1999 á 2006, registrado....

faleceu dia 11/04/2009, deixando uma filha de 9 anos e a esposa...

trabalhou do dia 10/08/2006 á 18/01/2009, como churrasqueiro, sem registro. sendo que o empregador, so pagou o salario do mês, nao fez rescisão nenhuma....ele também não assinou recibos,,,dos pagamentos....gostaria de saber como faço pra que minha cunhada consiga a pensão;....de viuva....

agradeço peçla atenção...

ÚsuarioResposta
grace oliveira
postado em sexta-feira, 11 de setembro, 2009
Olá, gostaria de seu auxílio, pois meu pai faleceu em junho de 2008 e o mesmo não contribuia com INSS pois era mecãnico(autônomo) Ele já havia trabalhado no passado de carteira assinada, gostaria de saber se a minha mãe( dona de casa) poderia receber algum benefício?
Desde já agradeço a sua atenção.
Cimara
postado em quinta-feira, 03 de dezembro, 2009
O companheiro da minha tia faleceu em 1993, na época ele prestava serviços para a prefeitura da cidade sem carteira assinada ou qualquer outro documento.
Aí quando ele morreu o prefeito fez uma lei que foi aprovada pela camara concedendo uma pensão especial vitálicia para a minha tia.
Minha tia vinha recebendo a pensão regularmente, até agora, só que foi suspensa a pensão e a prefeitura informou a ela que o motivo foi que o TCE negou o registro da pensão alegando que o ato de concessão da pensão foi em total contrariedade às normas que regem a matéria, uma vez que em decorrência do falecimento de pessoa sem qualquer vínculo com o serviço público municipal.
Tal decisão está correta? Há possibilidade de conseguir voltar a receber a pensão?
Gessica Borges
postado em domingo, 10 de janeiro, 2010
Olá!

Meu pai faleceu e gostaria de saber como fazer para minha mae receber a pensão para viuva! Os dois eram casados no civil e religioso, no entanto ja estavam separados a algum tempo, mas não formalmente! O que deve ser feito nessa situação, ela tem direito a essa pensão?

Obrigada!
Att
Neri oliveira
postado em segunda-feira, 11 de janeiro, 2010
Dr. Walter,
Minha hoje espoza, em 2003 ficou viuva de seu primeiro marido, eles viviam em união estável e tem um filho que na época tinha 4 anos. Seu falecido marido trabalhava com CTPS assinada na ocasião de sua morte, ela conseguiu, através de um Advogado, uma pensão para o menino. Ocorre que esta pensão acaba quando o mesmo completar maioridade. Existe alguma forma de transformar essa pensão do menino em pensão de viuva? qual a forma de ela obter uma pensão de viuva?

desde já agradeço
Yágara Schneider
postado em sexta-feira, 29 de janeiro, 2010
Caro Dr. Walter,

Meu marido faleceu no último dia 09 e não estava trabalhando. Tenho duas filhas gêmeas de 06 anos. Gostaria de saber se tenho direito a algum tipo de pensão.
Obrigada.
Anderson Taboada
postado em quinta-feira, 11 de fevereiro, 2010
Dr. Walter,

Minha mãe ficou viúva do meu padrasto há 1 ano e meio, ele não era separado legalmente da ex-mulher porem conviveu com minha mãe por + ou - 18 anos, ele não trabalhava registrado nem nunca trabalho, Minha mãe tem direito a alguma pensão ?
Anderson Taboada
postado em quinta-feira, 11 de fevereiro, 2010
Dr. Walter,

Minha mãe ficou viúva do meu padrasto há 1 ano e meio, ele não era separado legalmente da ex-mulher porem conviveu com minha mãe por + ou - 18 anos, ele não trabalhava registrado nem nunca trabalho, Minha mãe tem direito a alguma pensão ?
Fabiana
postado em quinta-feira, 22 de abril, 2010


Boa Tarde! Por favor , preciso de informações sobre o seguinte caso: Um pai que falece por acidente, deixando uma viuva e 2 filhos.Qual o procedimento para essa viuva requerer uma pensão pois o mesmo era autonomo ( caminhoneiro) e pagou o seu INSS até o 1 semestre de 2009.
Eles tem direito a pensão?? Onde devem requerer??
Agradeço desde ja a atenção.
Jacqueline
postado em quarta-feira, 28 de abril, 2010
Uma viúva de trabalhador autônomo que não contribuia nessa condição para o INSS tem alguma possibilidade ou direito de receber pensão, considerand que a mesma não tem profissão, é dona de casa, tem 58 anos e não tem bens, nem recebe qualquer tipo de benefício para seu sustento. O que sabe-se é que seu marido há 10 ou 15 anos atrás chegou a contribuir, pois era empregado, no entanto não se consegue provar esta condição pois as empresas não recolhiam.
Taiane
postado em quinta-feira, 17 de junho, 2010
Olá preciso de uma ajuda,
Minha conhada,hoje viuva,foi casada com trabalhador com mais de 20 anos de contribuição sendo que quando ocorreu o falecimento do mesmo ele estava sem vinculo empregaticio na cartei de trabalho,deixou dois filhos maior de idade e a esposa não tem nenhuma fonte de renda.
Quero saber se minha conhada terá direito a alguma pensão.
Muito obrigada.
12345