Enviar Mensagem




Forum > Direito Previdenciário > Auxilio Acidente ou Auxilio doença acidentário
UsuárioDiscussão
carlos
Postado em sábado, 22 de março, 2008
Estive afastado dois anos e meio do meu trabalho.Como operador de máquinas,minhas tarefas do dia - dia era muito pesada e acabei tendo problemas de coluna lombar .Não abri a CAT.Fiz uma cirurgia de hérnia de disco e fixação da coluna ,com colocação de pinos.Passei pela reabilitação profissional reconhecido pelo INSS.Esta reabilitação foi feita na mesma empresa em que trabalho.Eu era operador de máquinas e a reabilitação foi feita em outro setor,já que tenho contra-indicações para exercer a função e operador de máquinas.Gostaria de saber se posso entrar com uma ação pedindo ao INSS,um auxílio acidente,ou auxilio doença acidentário se existe diferença entre estes dois .Lembro que não abri a CAT.Gostaria que algum advogado que orientasse, desde já agradeço.

ÚsuarioResposta
Brunno Cézar Castro de Aquino Brito
postado em terça-feira, 03 de maio, 2011
Fui mandado embora da minha empresa á 1 dia,entrei sem nenhum problema ou doença,de tanto pegar peso fiquei com érnia inguinal,queria saber se posso entrar com 1 ação contra eles ou algo do tipo,pos pelo pouco que eu sei isso é errado!
Edna
postado em quinta-feira, 19 de maio, 2011
Minha sogra sofreu um acidente de moto, ela é diarista e não paga INSS, teve 3 costela quabrada e algumas escoliações, será que ela tem direito algum beneficio.

Aguardo resposta

Desde ja agradeço,

Obrigada
Edna
AGUINALDO CORREA DE LACERDA
postado em domingo, 26 de junho, 2011
Na verdade tenho uma pergunta sobre o auxilio acidente, ficarei muito grato se alguém puder me ajudar.
Estava trabalhando em uma empresa de informática e estava registrado como auxiliar do comércio desde fevereiro de 2002, mas no ano de 2003 sofri um acidente de moto e estava no horário de trabalho inclusive, naquele momento fui socorrido no P.S. local, naquele momento não sabia que o machucado era tão grave e que traria seqüelas, não cheguei a ficar afastado pelo auxilio do INSS, mas trinta dias depois do acidente fui mandado embora da empresa. O problema é que tive que fazer um tratamento para ficar bem de saúde, entrei em tratamento para tentar resolver meu problema ficando 90 dias em tratamento, mas acabei ficando com seqüelas, hoje 2011 fiquei sabendo sobre o auxilio acidente, minhas perguntas são:
1º será que tenho direito ao auxilio acidente, mesmo não tendo sido afastado pelo INSS?
2º ainda da tempo de entrar com o pedido do auxilio sendo que o acidente ocorreu em 2003 e hoje estamos em 2011?
3º como devo proceder? quais documentos necessários?

Obs. tenho B.O. do acidente, radiografias de antes, durante e depois do tratamento, laudo médico, carteira de trabalho com data de admição e demição da empresa, e a seqüela em meu corpo para quem quiser ver.

meu e-mail é aguinaldoclacerda@i.com.br

Desde já agradeço.
denis ricardo bueno
postado em sábado, 16 de julho, 2011
na reabilitação pelo inss posso pedir a conta no trabalho para arrumar outro emprego?
Marcela Souza Marcelino
postado em quinta-feira, 25 de agosto, 2011
Boa Tarde! Há 15 dias eu cai e quebrei o pé em um treinamento que estava participando em um Hotel a serviço da empresa. A empresa se nega a caracterizar o meu caso como acidente de trabalho, e estou preocupada com a emissão da CAT por parte da empresa que questionou o fato de já ter se passado 15 dias para emitir a CAT como acidente de trabalho. Não tenho assistência médica nem individual nem por parte da empresa, e a mesma não arcou com nenhuma despesa médica até agora e nem se manifestou a respeito de ajudar em relação a isso.

Como devo proceder judicialmente para que seja considerado acidente de trabalho e em relação ao CAT?!


Aguardo o mais breve retorno se possível, obrigada!
marcos roberto
postado em domingo, 18 de setembro, 2011
estava afastado por auxilio doença ,quando voutei ganhei a conta sedo que me machuquei na empresa mas não foi feito a cat qual meu direito? se eu voltei com o mesmo problema é de coluna
Maria
postado em quarta-feira, 05 de outubro, 2011
Ola, minha situação é a seguinte, estive encostada no inss o perito deu deferido auxilio doença acidentario mas a especie colocou B31, adquira umadoença profissional sindrome dom tunem do carpo, fui avaliada tenho que fazer cirurgia, mas os medicos estão em greve, entaõ no pedido de prorrogação foi indeferido, mesmo com laudo medico, e atestados que estou aguardando a cirurgia, tb foi indeferido o pedido de reconsideração, fui a empresa fiz o exame de retorno o medico colocou apto mas porem trocar de função a empresa me demitiu alegando que não tem outro serviço o que faço por favor me oriente. Tenho filhos menores necessito de proventos para mante-los. estou sendo jogada de um lado para outro
Aguardo retorno urgente ObrigD
Jelci F Mendonça
postado em sexta-feira, 04 de novembro, 2011
Olá boa tarde, sou um deficiente fisico de membros superior e inferior direito, preciso de esclarecimento de um advogado previdenciário. Consegui meu 2º emprego de carteira assinada numa empresa. Tive um acidente de trabalho em dezembro de 2006 fraturei fêmu e durante o tratamento em casa fraturei o joelho todos do lado direito tambem, ficando com deficti no joelho, fiquei em auxilio previdenciario e de dois em dois anos fazia pericia, só ja faz 6 meses que não recebo mais nada nem da empresa e nem do INSS, meu médico diz que não posso voltar mais a trabalhar devido meus estado clinico me da atestado mas o INSS descorda do médico. E agora ? O que faço ?
karla ferreira
postado em quinta-feira, 24 de novembro, 2011
Meu nome é Karla,
Sou Op. Telemark. estava sentindo muitas dores no meu punho direito que tratava orientada pelo ortopedista com antiflamatórios e compressas, como se não bastasse, apareceu um caroça. Então o Dr pediu uma ultrasonografia do punho(usg punho) dia 22/02/2011 fui demitida, sem saber o que realmente tinha, pois não falteva o trabalho pra resolver o meu problema, passei pelo médico demissional e estava desempregada. Na mesma semana fui fazer o exame, e levei o resultado p/ o Dr, ele confirmou o que já sabia tendinite com cisto sinuvial do túnel do carpo. Peguei o laudo do médico ortopedista, os exames (poia passaram seis meses e fiz novo exame de usg do punho, que com o tempo o cisto havia aumentado) GOSTARIA DE SABER ISSO SE CARCTERIZA CAT, UMA VEZ QUE TINHA QUASE 4 ANOS E ADQUIRI NA EMPRESA. NÃO UTILIZO 100% MEU PUNHO, FIQUEI LIMITADA EM TUDO QUE FAÇO COM ELE, POIS SINTO MUITAS DORES E FICO SEM TATO MUITAS VEZES NAS ATIVIDADES MAIS SIMPLES DO DIA DIA. COMO MEXER UMA PANELA, DIGITAR, SEGURAR NO ONIBUS QDO FICO EM PÉ, ESFREGAR ROUPA NO TANQUE, TIRAR CUTÍCULA ..... SEM CONTAR QUE QUEM VAI ME EMPREGAR COM ESTE PROBLEMA?
Adriana benites
postado em segunda-feira, 12 de dezembro, 2011
Estou em auxilio-doença desde 2004 em novembro de 2010 voltando do hospital de uma consulta sofri um acidente de moto que me deixou mais impossibilitada por depressão ,dores arteriais emfim entre outros etc... tenho direito em outro beneficio como auxilio acidente pois tenho que fazer exames que não tenho condições de pagar ??? O QUE FAÇO....?
1234567