Enviar Mensagem




Forum > Direito do Consumidor > Juros abusivos
UsuárioDiscussão
Gabriel Silvano Santos
Postado em segunda-feira, 15 de janeiro, 2007
Bom dia amigos, gostaria de tirar umadúvida:

1)Entrei com um processo contra a BV Financeira contra juros abusivos sendo praticados no meu carro, meu advogado entrou com o processo em São José onde eu trabalho, mas moro na cidade de Palhoça, onde a BV entrou com o processo de busca e apreensão.
2) Perdi meu carro, atraves de busca e apreensão, faltando apenas 10 prestações (de um total de 36).
3)O valor das 10parcelas que faltavam eu depositei em uma conta que foi criada no forum de São José, o valor da parcela meu advogado que estipulou.
4) Conforme a petição de busca, eu precisaria depositar +ou- 4200,00.
5) Eu não tenho esse dinheiro.

Assim, pergunto:
a) Perdi totalmente o veiculo?
b) exite possibilidade de rever algum valor dado;

Desde já agradeço a todos.

Gabriel

ÚsuarioResposta
Analic
postado em quarta-feira, 09 de julho, 2008
Pago um financiamento de uma moto no valor de 240,47 só que a última parcela paguei com atraso de 23 dias e o valor da minha parcela foi para 303,00 tentei negociar e eles baixaram para 279,79, ou seja, mais de 18% de juros no mês em menos de 30 dias. Eles estão irredutíveis em relação à redução dos juros e agora me disseram que se eu não pagar o boleto dos juros que agora estão em 41,00 (só os juros) visto que as parcelas estão em dia, eles colocarão meu nome no SERASA. Gostaria de saber se eles podem fazer isso mesmo a parcela estando paga e se eu posso entrar com algum tipo de processo contra eles. O banco é o Daycoval.
Victor Hugo Giroldo
postado em terça-feira, 15 de julho, 2008
Primeiramente bom dia.
Meu pai tem dois carros financiados um Gol G4 e um Celta ambos 0km
O Gol ele deixou atrazar 1 mes e meio e o Celta 2 meses e 10 dias
Gol é financiado pela BV Financeira e o Celta pela Finaza
e as duas financiadoras mandaram a divida para agencias de cobranças,
e elas ligaram em minha residencia, FALANDO QUE MEU PAI TEM UMA SEMANA PARA QUITAR A DIVIDADE, POIS SE NÃO EFETUAR O PAGAMENTO SERA ENVIADO UM OFICIAL DE JUSTIÇA EM CASA PARA APREENDER OS VEICULOS E QUE O CUSTO DE 130$ SERA PAGO POR MEU PAI TAMBÉM, MEU PAI AINDA PEDIU PARA NEGOCIAR E ELES INFORMARAM QUE NÃO PODERIAM NEGOCIAR E SE O PAGAMENTO NÃO FOR EFETUADO NA QUINTA FEIRA DIA 24/07 O OFICIAL ESTARA AQUI PARA RETORMAR OS VEICULOS.

GOSTARIA DE SABER SE COM MENOS DE 60 DIAS DE ATRASO ELES PODEM EFETUAR BUSCA E APREENSÃO DOS VEICULOS?

OBRIGADO!
antonio pedro
postado em quarta-feira, 16 de julho, 2008
OLA , GOSTARIA DE SABER QUANTOS O BANCO OU QUALQUER FINANCIADORA
VAI ME COMBRAR PARA FINANCIAR 6500 REAIS EM 24 MESES?
OBRIGADO...
PAULO CANDIDO CORREA
postado em terça-feira, 29 de julho, 2008
eSTE RELATO FOI DE OUTRO COLEGA APENAS COPIEI, POIS NA REALIDADE FUNCIONA COMO ABAIXO.
PARA ENCURTAR VERIFIQUE A TAXA ANUAL DE SEU CONTRATO E A TAXA MEDIA DE JUROS PRATICADO PELO MERCADO NO ENDEREÇO DO BANCO CENTRAL. WWW.BCB.GOV.BR, SE ESTIVER ABAIXO DA MEDIA E FURADA ENTRAR COM A AÇÃO A NÃO SER QUE QUEIRA POSTERTGAR O PROBLEMA.


Antes de mover qualquer ação neste sentido é preciso prestar muita atenção se os juros aplicados realmente são abusivos.
Para isso você pode entrar em contato com a instituição financeira onde tem o financiamento, e perguntar qual o valor total financiado e a taxa de juros anual. Aconselho a pegar o valor total financiado pois, se você pegar a taxa anual e calcular sobre o valor do bem que você financiou não vai bater, pois existem outras taxas que são inclusas no financiamento como por exemplo o IOF (Impostos sobre operações financeira) e TAC (Taxa de Abertura de Credito) ex. Se você financiou um veículo no valor de 13.800 você vai pagar uma média de 200,00 reais de IOF e TAC de 500,00 reais dependendo a instituição, desta forma você não vai calcular o valor da prestação sobre o valor do bem (13.800) pois além do bem você financiou também o IOF e a TAC, totalizando nesse exemplo (14.500) muita gente pega o juros aplicado pelo banco e faz o calculo sobre o valor financiado que obviamente não vai bater e acredita que seu juros é abusivo, ou que o banco está lhe roubando.
Bom mas para saber realmente se o juros é abusivo você deve entrar no site do banco central e pegar a taxa de juros permitida para a data que fez o financiamento, para operações de crédito onde o valor da parcela é fixa, que é o mais comum, você deve procurar por (TAXA DE JUROS DAS OPERAÇÕES ATIVAS - JUROS PREFIXADOS) no site do BC, e compará-la com a taxa que o banco aplicou no seu financiamento, se a taxa aplicada for mais alta que a permitida realmente o juros é abusivo, se não for não adianta chorar, você pode até conseguir pagar menos em juizo tirar seu nome dos sistemas de proteção ao crédito mais ao término do processo, terá de pagar todo o juros que não era abusivo capitalizado mais os honorários do advogado da instituição mais as custas judiciais, além do seu próprio advogado.
Existem centenas de escritórios espalhados pelo Brasil oferecendo serviços para excluir ou evitar a inclusão de nomes no cadastro do SPC e SERASA. Haja o que houver – financiamentos empréstimos bancários, cartões de créditos, etc. – tudo é motivo para se entrar com um processo de revisão de juros.
Porém poucas pessoas sabem que existe um sistema diretamente ligado ao Banco Central do Brasil, denominado SISBACEN, que aponta todas as dividas vencidas de clientes do sistema financeiro. E Quem entra com um processo de revisão de juros, mesmo estando com o nome limpo fica negativado nesse banco de dados.
Só para ter uma idéia da gravidade do assunto, mesmo estando com o nome limpo no SPC/SERASA, quem figura no SISBACEN, por exemplo, não consegue financiar uma casa na Caixa Economica Federal. E se a pessoas for casada em regime de comunhão total ou parcial de bens, pior, pois essas retrições támbem são extensivas ao cônjuge. Concessão de novos empréstimos como: CDC veículos, cheque especial e cartões de créditos ? Nem pensar. Verificada a dívida no sistema financeiro, nenhum banco se atreve a liberar ou renovar novos recursos financeiros.
Além do SISBACEN, os próprios sites mantidos pelos tribunais de justiça oferecem consultas para a verificação de pessoas que possuem processos ativos, inclusive os revisionais de juros. E mesmo que esta informação não seja considerada uma restrição os bancos também podem tomar ciência dos clientes que se encontram nesta situação.
Rogerio Nadin
postado em quarta-feira, 06 de agosto, 2008
Bem Boa tarde a todos, Eu tive uma restriçao com o banco do brasil no qual fiz um cdc e depois de pago 1 ano mais ou menos fui com o dinheiro para quitar e nao quiseram abater juros algum dizendo que eu teria que simplesmente somar o valor das parcels e pagar, logico isto sendo mentira pois todo e qualquer financimento existe abatimento integral dos juros na quitaçao total da divida,deixei que sujasse o nome e depois faria um acordo, passaram-se 2 anos e fizeram um acordo porem me incluiram no sisbacen e nao consegui abrir uma conta corrente, agora pergunto existe um prazo que meu nome saia desse cadastro, posso entrar como uma açao por danos morais contra o banco do brasil ?? quais seriam as minhas chances??
Patrícia Agda
postado em quarta-feira, 06 de agosto, 2008
Quero saber se tenho direito de entrar contra a financiadora do meu carro, contra "JUROS ABUSIVOS"?
É o seguinte: comprei um carro 0km, que na nota fiscal fecha com o valor de R$33.890,00. Porém quando fui financiar não me alertei para o montante final, ou seja, só pensei no valor da parcela que eu poderia custear e pronto.
Acabei fechando o contrato de 60 x de 805,98. Se fizerem as contas poderão perceber o quão de juros está calculado em cima de tudo. Só agora, com a 5ª prestação paga, amigos e familiares me fizeram repensar sobre o caso.
Gostaria então de saber como e a quem devo recorrer para saber se posso entrar com processo de juros abusivos, para que seja revisto esse calculo, e se existe a possibilidade do valor dessa prestação abaixar.
Seguem meus contatos: patriciaagda@gmail.com.

Espero contar com a colaboração de vocês e desde já agradeço pela atenção
clayton fabiano sluzarski
postado em terça-feira, 12 de agosto, 2008
OLA COMPREI MINHA CASA E FINACIEI 38,000,00 E VOU PAGAR 81,600,00 APROCIMADO FINANCIAMENTO FEITO PELA CAIXA E MAIS OU MENOS É ABATIDA DO VALOR 160,40 E DE JUROS 180,58 EU PODERIA ENTRAR COM UMA AÇÃO DE JUROS ABUSIVOS CONTRA A CAIXA ECONOMICA .E SERA QUE GANHARIA A CAUSA.
JOSIANE
postado em quarta-feira, 13 de agosto, 2008
BOA TARDE

GOSTARIA DE TIRAR UMA DUVIDA , COMPREI UM CARRO NO VALOR DE r$ 13000,00, DEI 4,500 DE ENTRADA E PARCELEI O RESTANTE EM 36X DE r$ 361,90 O TOTAL FICOU EM r$ 17.528,40. SÓ QUE DEPOIS DA 1º PARCELA PAGA O CARRO FOI ROUBADO , CONTINUEI PAGANDO O CARRO ATÉ AGORA , PAGUEI 24 PARCELAS , SÓ QUE AS PARCELAS QUE FALTAM BEM DIZER SÃO OS JUROS DA FINANCIADORA . GOSTARIA DE SABER SE EU POSSO RECORRER A JUSTIÇA PARA BAIXAR ESSE JURO APLICADO PELA FINANCIADORA? E SE EU NÃO PAGAR MAIS O QUE PODE ACONTECER NESTE CASO?

AGRADEÇO DESDE JÁ
JOSIANE
alexandre a vicente
postado em sexta-feira, 19 de setembro, 2008
bom dia comprei carro e financiei 17500,00 r$ em 60x510,00 gostaria de saber se estou pagando muito juros e se como entrar com renegociação para baixar as parcelas já paguei 4 parcela
Marco Trindade
postado em terça-feira, 28 de outubro, 2008
Não vou responder nada. Só gostaria de fazer uma pergunta.Você e seu colega trabalham para alguma financeira ou são proprietários de alguma?
12345678910...